Adolescente se nega a entregar celular e é morto a tiro no Campo Nobre

Adolescente se nega a entregar celular e é morto a tiro no Campo Nobre

27/06/2018 0 Por Humberto Marques

Jovem de 17 anos estava em ponto de ônibus na rua Cláudio Coutinho quando foi abordado por assaltante, que fugiu de bicicleta. Comunidade pede segurança.

Um adolescente de 17 anos foi morto a tiro no Campo Nobre (na região do Anhanduizinho, em Campo Grande), ao resistir a um assalto na tarde de terça-feira (26). Gean Kaio da Costa Oliveira foi atingido no peito em um ponto de ônibus na rua Cláudio Coutinho, depois que se negou a entregar o telefone celular ao criminoso.

O crime causou revolta na comunidade. Na Escola Estadual Teotônio Vilela, no Universitário (Anhanduizinho, a algumas quadras do local do crime), professores trabalharam de luto nesta quarta (27), depois que a turma do 2º ano do Ensino Médio na qual Gean estudava à noite foi dispensada ainda na terça –ele era menor-aprendiz do INSS durante o dia.

Ao mesmo tempo, moradores da região voltaram a pedir por mais segurança pública, com patrulhamentos frequentes na região –a alegação é de que assaltos e furtos têm se tornado comuns, sendo favorecidos pela precariedade da iluminação pública. Estudantes da Teotônio Vilela prometeram um protesto na região para chamar a atenção das autoridades.

Gean chegou a ser socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e encaminhado para a Santa Casa de Campo Grande. No entanto, não resistiu à gravidade do ferimento.

O autor, segundo testemunhas, usava boné vermelho e fugiu do local em uma bicicleta.