Caiobá 2 vai ganhar nova escola municipal com 12 salas de aula

Caiobá 2 vai ganhar nova escola municipal com 12 salas de aula

12/09/2018 0 Por Humberto Marques

Anúncio partiu da Prefeitura da Capital e confirma informação dada pelo Comunidade.MS em 2017; unidade na Vila Nathália vai desafogar situação da Escola Municipal Antonio Lopes Lins

A Prefeitura de Campo Grande confirmou a construção de uma escola com 12 salas de aula e quadra poliesportiva coberta na região da Vila Nathália, no Portal Caiobá 2 –na região do Lagoa. A unidade ficará em um terreno limitado pelas ruas Ilha de Marajó, Luiz Paganini e Rosa Ferreira Pedro.

O anúncio confirma informação divulgada em julho de 2017 pelo jornal Comunidade.MS nas versões impressa e online, na qual a prefeitura esperava sinal verde do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) para obter recursos e realizar a construção.

A unidade de ensino, segundo o Paço Municipal, vai ajudar a desafogar a Escola Municipal Antonio Lopes Lins, que hoje atende mais de 500 crianças em um anexo. O prédio será construído em 18 meses a partir da assinatura da ordem de serviço –a licitação foi publicada em 6 de setembro, prevendo investimento de R$ 4,66 milhões, com o recebimento de propostas até 10 de outubro.

Dos valores, R$ 3,42 milhões virão do FNDE, equivalente a 73,3% da obra. Os 26,67% restantes, ou R$ 1,24 milhões, virão de contrapartida da prefeitura. A primeira parcela de recursos foi liberada em julho de 2014, na ordem de R$ 684,6 mil, mas, desde então, a obra não avançou –segundo informações da prefeitura, Marquinhos fez gestões junto ao Ministério da Educação em 2017 para evitar perder os recursos.

Área limitada pelas ruas Ilha de Marajó, Luiz Paganini e Rosa Ferreira Pedro, no Caiobá 2, ganhará escola com 12 salas. (Imagem: Google Maps)

Área limitada pelas ruas Ilha de Marajó, Luiz Paganini e Rosa Ferreira Pedro, no Caiobá 2, ganhará escola com 12 salas. (Imagem: Google Maps)


Trata-se da terceira escola construída ou finalizada pela administração municipal, que neste ano inaugurou uma unidade com 16 salas no Varandas do Campo (região do Paulo Coelho Machado, no Anhanduizinho) e, por meio de parceria, conclui uma escola com 12 salas de aula no Jardim das Nações, no Parati (Anhanduizinho), ao custo de R$ 3,8 milhões.

A escola a ser construída no Caiobá fica em uma área logo abaixo do Residencial Celina Jallad, a duas quadras da rua Cachoeira do Campo –um dos principais corredores do bairro. A princípio, moradores apontavam interesse de que a unidade fosse construída na área que serviu como canteiro de obras da empreiteira que construiu o conjunto residencial, limitada pelas ruas Alfredo Gaspar e Angelo Nakalhodo, para a qual ainda não foram anunciadas destinações.

loading...