Começa o recapeamento do “Corredor do Nova Lima”

Começa o recapeamento do “Corredor do Nova Lima”

29/11/2018 0 Por Humberto Marques

Marques de Herval começa a ser preparada para receber mais de 500 metros de novo pavimento; avenida Zulmira Borba passa por duplicação.

Com 85% da pavimentação concluída, as frentes de serviço em andamento no Nova Lima –na região do Segredo, em Campo Grande– estão concentradas na principal via comercial do bairro, a avenida Zulmira Borba, que será recapeada e duplicada, passando a ter 17 metros de largura, dimensão adequada para ter duas pistas que absorverão o fluxo de entrada e saída de veículos dos vários conjuntos habitacionais existentes às suas margens.

Nesta quarta-feira (28) começou também a preparação da rua Marquês de Herval, “o corredor da Nova Lima”, que terá 548 metros do pavimento refeito entre a avenida Cônsul Assaf Trad e a rua Padre Antônio Francisco. Na primeira quadra já foram feitas as correções do asfalto antigo e na seguinte a fresagem está em andamento.

Nesta etapa da intervenção na Zulmira Borba (entre a Cônsul Assaf Trad e a rua Jerônimo de Albuquerque), o serviço começou no sentido bairro/centro. Já estão prontas duas quadras, entre a Jerônimo e a Rua Padre Antônio.

Toda a extensão da avenida será duplicada até a rua Major Giovane Francisco, como parte da pavimentação do Complexo José Tavares do Couto (a partir do cruzamento da rua Francisco Pereira Coutinho) e do Nova Lima etapa B (da Jerônimo de Albuquerque até a Francisco Pereira).

Sob os olhares atentos de moradores e comerciantes, operários e equipamentos da empreiteira estão preparando a base do trecho da quadra adiante que termina na rua Nefe Pael.


"Corredor do Nova Lima", rua Marquês de Herval será recapeada. (Foto: PMCG/Divulgação)

“Corredor do Nova Lima”, rua Marquês de Herval será recapeada. (Foto: PMCG/Divulgação)

“Há 18 anos moro aqui, neste tempo, presenciei muitos acidentes na entrada ou saída de serviço, porque a pista era muito estreita, para tanto carro”, comenta o aposentado Carlos Zoberto, que aposta na valorização do imóvel e já avalia a possibilidade de construir um salão para uma possível locação comercial.

Quem já está estabelecido na Zulmira Borba, como o microempresário, João Luiz Camurça, aposta em crescimento das vendas porque com a duplicação da avenida muita gente que hoje busca rotas alternativas (como a Jerônimo de Albuquerque), optará por este caminho, mais rápido porque o acesso é pela Cônsul Assaf Trad.

Esta confiança é compartilhada por Abélio Sanches, dono de um restaurante na mesma quadra onde está estabelecida a empresa do senhor João, que comercializa forro de PVC.

Obras envolvem investimento de R$ 23,3 milhões em drenagem, pavimentação e recape

A Prefeitura está investindo R$ 23,3 milhões nas obras de drenagem, pavimentação e recapeamento do Nova Lima etapa A. Os 8,75 quilômetros de drenagem projetados já foram concluídas; mais de 85% do pavimento previsto (18,38 k) está pronto e além da Marquês de Herval e da Zulmira Borba, serão recapeados ainda 832 metros da Jerônimo de Albuquerque ( a partir do cruzamento com a Guilherme de Almeida).

O pavimento da primeira quadra da Jerônimo de Albuquerque já foi refeito, assim como, foi recapeada a pista bairro/centro da Cônsul Assaf Trad, numa extensão de 2,2 km.

Nesta primeira etapa da pavimentação do Nova Lima, abrange asfaltamento das ruas Sócrates; Dona Maria Izabel; Dom Sebastião Lemes; Santo Inácio de Loiola; Júlio Prestes; Eugênio Lima; Randolfo Lima; Assunção Borba; Martin Faustino; Padre Antonio Franco, Botafogo; Eugênio Silvério; Alfredo Borba; Firmo Cristaldo; Galileu; Aquiles; Celina Baís Martins, além das avenidas Carlota Joaquina e Cândido Garcia. Estes trechos ficam no quadrilátero formado pelas ruas Jerônimo de Albuquerque; Zulmira Borba; Cônsul Assaf Trad e Marquês de Herval.

(Da assessoria)