Dupla é alvo de espancamento na Marechal Deodoro e é salva por militar

Vítimas foram agredidas em meio a briga generalizada nas imediações do Terminal Bandeirantes; disparos de arma de fogo feitos por bombeiro afastou os autores do local.

Duas pessoas foram espancadas na avenida Marechal Deodoro, na Vila Bandeirante (na região do Lagoa), em Campo Grande, em meio a uma briga generalizada na qual também foi registrado o roubo às vítimas. O ataque só teve fim depois que um militar passou pelo local e efetuou disparos de arma de fogo para intimidar e afastar os autores.

Conforme informações das autoridades policiais, os fatos ocorreram pouco antes das 8h de sábado (10), quando uma guarnição da Polícia Militar foi acionada para ir até o local dos fatos –na altura do número 787 da via– para intervir em uma briga, depois que um sargento do Corpo de Bombeiros que passava pelo local relatou ter visto várias pessoas surrando dois homens, com idades de 42 e 40 anos.

O bombeiro interveio informando ser militar, ordenando que a briga terminasse. Sem ser obedecido, ele sacou a arma e efetuou quatro disparos para assustar os autores. Imediatamente, os agressores fugiram rumo ao Terminal Bandeirantes, a poucos metros do local do incidente. Foi então que o bombeiro acionou os militares.

Uma das vítimas foi ferida na cabeça com um taco de sinuca, e a outra dispensou cuidados médicos. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga.

O registro da ocorrência não apresentou detalhes sobre os motivos das agressões.


loading...

Humberto Marques

Jornalista, é diretor-geral e editor do jornal Comunidade.MS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *