Consolidado na Capital, Grupo RFK lança segunda marca de cerveja pensada nos hábitos e clima de MS

Consolidado na Capital, Grupo RFK lança segunda marca de cerveja pensada nos hábitos e clima de MS

09/04/2018 1 Por Humberto Marques

Após apresentar a Bamboa ao país, Grupo RFK lança a Moema, cerveja pilsen mais leve e pensada no paladar sul-mato-grossense e brasileiro; bebida tem mais malte que concorrentes e também será produzida na fábrica de Campo Grande.

É oficial: o Grupo RFK gostou de Campo Grande, a ponto de ampliar sua gama de produtos fabricados na unidade sul-mato-grossense. Depois de trazer os refrigerantes da marca Refriko e o energético Furioso para o Estado e de iniciar a produção em massa da cerveja Bamboa, a empresa apresenta um novo investimento, também na área de bebidas alcoólicas e centralizado na cidade: a cerveja Moema.

O produto foi apresentado no início deste ano a grupos de jornalistas, enquanto a empresa preparava o estoque para tomar os mercados. Agora, chega ao público tendo como marca uma maior quantidade de malte que a concorrência e um slogan pensado no momento de descanso do brasileiro: #EuMereço.

A sensação que a assessoria do Grupo RFK quer que o consumidor tenha pode ser explicada da seguinte forma: “Imagine que você esteja, neste momento, sentado numa mesa de bar tomando aquela cervejinha gelada que você tanto adora. O primeiro pensamento que vem à sua cabeça quando o garçom traz a latinha depois de um dia intenso de trabalho, esbranquiçada de tão gelada, com certeza será o “Eu mereço!”, não é mesmo?”.

A irmã mais nova da Bamba 100% malte é resultado de dois anos de estudos. O resultado é uma cerveja leve e saborosa, pensada especificamente nos sul-mato-grossenses. A produção considerou o clima, perfil, hábitos e, principalmente, o paladar do consumidor local –que em maioria prefere uma bebida de sabor mais leve, mas ainda assim presente em cada gole.

Moema terá 75% de malte, contra a média de 55% usado pela da concorrência

A apresentação da Moema lembra a das cervejas Premium, com uma latinha em cor cobre e letras douradas. E, repetindo a fórmula de sucesso da Bamboa, o produto chega ao mercado com um preço abaixo da média das concorrentes e com qualidade superior. Isso porque a Moema é produzida com 75% de malte –as outras pilsen do mercado têm, em média, 55% de malte, quantidade mínima exigida pela legislação da indústria cervejeira, e o restante são cereais não-maltados (milho, arroz, aveia e trigo).


Esses produtos são responsáveis pela fermentação da cerveja, dando-lhe o teor alcoólico, aroma, cor e a cremosidade. Os cereais não-maltados, em grande quantidade, dão à cerveja muito açúcar e, em alguns casos, tornam a bebida indigesta. Para efeito de comparação, a Bamboa tem 100% de malte, quantidade rara nos produtos à venda.

Campanha da Moema traz a hashtag #EUMereço. (Imagem: Divulgação)

Campanha da Moema traz a hashtag #EUMereço. (Imagem: Divulgação)

Embora a Cervejaria Campo Grande mantenha um processo de fabricação industrial, o ar artesanal se faz presente na Bamboa e, agora, na Moema. Todos os produtos são selecionados criteriosamente: maltes e lúpulos vêm da Alemanha e Bélgica. Já a água é extraída do Aquífero Guarani, com teor de pureza que dispensa o tratamento químico.

 

O resultado, no caso da Moema, é uma bebida leve, saborosa e refrescante, mas com o gostinho que o bom amante da cerveja quer sentir e baixos índices de açúcares e carboidratos –dando adeus àquela sensação de “estufamento”.

Nova cerveja promete ter preço 20% mais em conta que o da “irmã mais velha”

O nome da Moema é de origem tupi, e significa “aquele que está adoçando” –no sentido de tornar a vida mais doce e suave–, além de homenagear um bairro boêmio da zona sul de São Paulo, marcado pela existência de várias cervejarias.

A Cervejaria Campo Grande produzirá em média três milhões de latinhas de Moema por mês, que já foram distribuídas em diferentes locais do país. O preço será em torno de 20% abaixo da Bamboa –que já se encontra abaixo do preço de algumas das cervejas mais consumidas do país.

loading...