Homem é assassinado a facadas na avenida Marinha; suspeito teria rixa com vítima

Homem é assassinado a facadas na avenida Marinha; suspeito teria rixa com vítima

23/04/2018 0 Por Humberto Marques

Crime ocorreu na madrugada de domingo (22). Rivaldo Parnaíba Vieira foi atingido com golpes de faca nos braços, costas e barriga. Autor deixou o local em um HB20 e teria sido reconhecido como um desafeto da vítima, com quem teria uma rixa antiga.

As autoridades policiais de Campo Grande estão à procura de um homem de 49 anos apontado como principal suspeito do assassinato de Rivaldo Parnaíba Vieira, 44, ocorrido por volta das 3h de domingo (22) em frente a uma sobaria na avenida Marinha, na Coophavila 2 –na região urbana do Lagoa. A vítima foi morta com pelo menos cinco golpes de faca na barriga, costas e braço.

Apontado como autor, Valkimar Alves Guerra, o “Mazinho”, 49, é casado com uma sobrinha de Rivaldo e, conforme apurado pelas autoridades, teria uma rixa antiga com a vítima –a qual não foi detalhada.

Policias militares faziam rondas pela Coophavila 2 quando avistaram um tumulto em frente à sobaria. Segundo a mulher a vítima, ela e o marido comiam no local quando Valkimar chegou, dando início a uma discussão.

Em relato, o proprietário do estabelecimento informou que, após o bate-boca, houve uma briga entre ambos, momento em que Valkimar teria derrubado Rivaldo, correu até o seu veículo, pegou uma faca e voltou, assassinando o desafeto. O acusado se evadiu do local em um automóvel Hyundai HB20.

Rivaldo chegou a ser socorrido em estado grave pelo Corpo de Bombeiros e o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e levado ao CRS (Centro Regional de Saúde) da Coophavila 2, de onde seguiu para a Santa Casa, mas não resistiu aos ferimentos.


O suspeito foi procurado pelo bairro, mas não foi localizado pelas autoridades. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga.