Morador de rua é morto a facadas na Bandeirantes; polícia apura latrocínio contra idoso no Tarumã

No primeiro crime, homem havia saído para comprar bebida alcoólica e foi encontrado com ferimento a faca no peito; no Tarumã, idoso foi aparentemente estrangulado em roubo.

Dois homicídios na região urbana do Lagoa mobilizam as autoridades policiais em Campo Grande. Ambos os crimes foram registrados na madrugada de sexta-feira (9) em bairros diferentes, envolvendo um morador de rua e um aposentado.

Segundo informações do boletim de ocorrência, Vanderlei Cardoso dos Santos, 45, foi esfaqueado por volta da 1h na avenida Bandeirantes, na Vila Bandeirantes. Conforme uma testemunha, que afirmou ser morador de rua e conhecia a vítima, ambos estavam desde o período da manhã consumindo bebidas alcoólicas.

Vanderlei teria saído para comprar mais bebidas. Como ele demorava, a testemunha saiu em sua procura, encontrando a vítima caída a uma quadra do local onde estavam, com um ferimento no lado esquerdo do peito, possivelmente causado por uma faca. Um motorista de caminhão que passava pelo local acionou o Corpo de Bombeiros, que levou o homem ferido, inconsciente e em estado grave, para a Santa Casa.

Cerca de uma hora depois dos fatos, Vanderlei faleceu. A Polícia Civil segue com as investigações sobre o caso.

Idoso é encontrado morto no Jardim Tarumã; suspeita é de que ele foi morto durante roubo

Também na sexta-feira, Darilio Honorato, 84, foi encontrado morto na própria casa no Jardim Tarumã, havendo indícios de que ele tenha sido assassinado. Marcas no pescoço do idoso e uma calça jeans deixada ao lado do corpo sugerem que houve um latrocínio (roubo seguido de morte), conforme a Polícia Civil.


Vizinhos estranharam o fato de Darilio não ter sido encontrado em frente de sua casa, como sempre ocorria, e decidiram o procurar dentro do imóvel. O corpo foi encontrado no chão, com marcas no pescoço sugerindo estrangulamento.

Uma das linhas de apuração é de que houve o latrocínio, já que não foi encontrado dinheiro na casa. O imóvel seria frequentado por usuários de drogas. Uma peruca vermelha encontrada no muro foi recolhida para averiguações, pois se assemelhava à usada por um frequentador da casa.

loading...

Humberto Marques

Jornalista, é diretor-geral e editor do jornal Comunidade.MS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *