Prefeitura divulga lista de postos de saúde que terão horário estendido

Prefeitura divulga lista de postos de saúde que terão horário estendido

07/01/2019 0 Por Humberto Marques

Unidades no Anhanduizinho e no Lagoa integram a relação de 21 UBSs e UBSFs que passam a atender das 7h às 19h sem intervalo para almoço; veja como funcionará o sistema.

A partir desta segunda-feira (7), moradores das regiões urbanas do Anhanduizinho e do Lagoa, em Campo Grande, passarão a contar com serviços de UBSs e UBSFs (Unidades Básicas de Saúde e de Saúde da Família) em horário estendido. O serviço passará a ser oferecido das 7h às 19h, de forma ininterrupta –isto é, sem pausa para o almoço, sendo que nos dias de coletas de exames laboratoriais, as unidades abrirão às 6h. Nesta data, a Prefeitura da Capital divulgou a lista de unidades que vão aderir à nova jornada –oito delas imediatamente em diferentes bairros da cidade.

A primeira etapa do novo sistema contempla as UBSFs da Vila Fernanda e do Portal Caiobá (esta já teve o horário ampliado e neste mês será convertida em Clínica da Família), no Lagoa; e as UBSFs Jardim Botafogo, Iracy Coelho e Los Angeles, no Anhanduizinho. Também funcionarão em horário estendido imediatamente as unidades do Saúde da Família Moreninhas (Bandeira), Nova Bahia (Prosa), Vila Nasser (Segredo) e Santa Carmélia (Imbirussu).

A intenção com o novo sistema é ampliar o acesso à saúde para pessoas que, no horário padrão de expediente, estão no trabalho e não conseguiam agendar consultas.

“Vamos garantir que o paciente tenha acesso ao serviço de saúde e oportunizar que ele receba o atendimento. Muitos deixar de buscar o atendimento na atenção básica justamente por causa do horário. Desta forma, vamos garantir ao cidadão que trabalha o dia inteiro um tempo a mais para que ele possa buscar o atendimento perto de casa, inclusive, sem a necessidade de precisar chegar horas antes e ficar esperando dias para agenda uma consulta”, disse o secretário municipal de Saúde, Marcelo Vilela.

O projeto da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) prevê que, em cada região urbana, pelo menos três UBSs ou UBSFs funcionem em horário ampliado até o fim deste mês, o que representa escala diferenciada para 31 das 68 unidades da rede. A Clínica da Família do Nova Lima (Segredo) já funciona neste horário.


Confira todas as unidades de saúde que terão horário ampliado:

Anhanduizinho: Los Angeles, Iracy Coelho, Jardim Botafogo e Dona Neta (Guanandi);

Lagoa: Vila Fernanda, Tarumã, São Conrado e Portal Caiobá (futura Clínica da Família);

Bandeira: Moreninhas III, Itamaracá e Universitário;

Imbirussu: Ana Maria do Couto, Albino Coimbra (Santa Carmélia) e Serradinho;

Segredo: Vila Nasser, Estrela do Sul e São Francisco;

Prosa: Nova Bahia, Estrela Dalva e Jardim Noroeste;

Centro: Vila Carvalho e UBS 26 de Agosto.

Entenda como funcionará o atendimento diferenciado nas unidades de saúde

Segundo explicou a assessoria da prefeitura, quem chegar à UBS ou UBSF será recepcionado por um profissional que conhece como a unidade funciona e fará o encaminhamento para os setores respectivos. Em caso de demanda espontânea (isto é, sem consulta agendada), o paciente será ouvido e terá avaliada a gravidade do problema, definindo-se um tempo de atendimento.

Veja como vai ser o fluxo de atendimento nas unidades de horário ampliado. (Clique para aumentar)

O sistema se assemelha à classificação de risco nas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) e CRSs (Centros Regionais de Saúde). Caso o problema seja considerado agudo, o paciente será encaminhado a uma equipe preparada para a avaliação da gravidade para verificar se demanda atendimento imediato, prioritário ou se pode ser atendido no mesmo dia.

A partir daí será definido um tempo de atendimento: se imediato, os profissionais de saúde do local vão se mobilizar para prestar o serviço e, em situações graves, enviá-lo para a unidade de pronto atendimento. A classificação prioritária prevê estabilização do paciente e atendimento entre as consultas programas para aquele dia.

Casos mais simples resultarão em agendamentos para o mesmo dia.

Depois do atendimento necessário, o paciente será orientado, encaminhado e vai receber detalhes para dar continuidade ao seu tratamento, incluindo a oferta de serviços disponíveis na UBS ou UBSF.

Prefeitura anuncia convocação de mais 168 médicos para a rede pública

Ao todo, 21 UBSs e UBSFs passarão a funcionar em novo sistema. (Foto: PM CG/Divulgação)

Ao todo, 21 UBSs e UBSFs passarão a funcionar em novo sistema. (Foto: PM CG/Divulgação)

Também nesta segunda-feira, a Prefeitura da Capital informou a convocação de 168 médicos inscritos no cadastro temporário de servidores.

Foram chamados 13 médicos para atendimento ambulatorial 48 horas; 49 para atendimento ambulatorial 40 horas; 20 médicos para atendimento ambulatorial 24 horas; 50 médicos plantonistas 24 horas; 24 residentes 12 horas; 11 médicos de saúde mental 24 horas e 1 médico psiquiatra 24 horas.

Os profissionais irão atuar nas UBSs, UBSFs, Caps (Centros de Atenção Psicossocial), UPAs e CRSs. O candidato convocado deve se apresentar na Superintendência de Gestão do Trabalho e Educação da Sesau, na rua Bahia, 280, Centro, para providências relativas ao início das atividades laborais, de acordo com a publicação, que pode ser conferida no endereço eletrônico http://www.capital.ms.gov.br/diogrande. O não comparecimento no prazo estabelecido implica em desistência da convocação.

(Com assessoria)