Quadrilha é desmontada no Anhanduizinho após série de roubos de telefones celulares

Flagrante de dupla na avenida Guaicurus, no Jardim Morenão, por suspeita de cometer assaltos levou policiais militares a encontraram acusados de receptação e associação criminosa no Paulo Coelho Machado, Mário Covas e Jardim Centro-Oeste.

Policiais militares de Campo Grande prenderam entre a noite de terça-feira (3) e a madrugada desta quarta (4) um total de cinco pessoas sob acusação de associação criminosa, com suspeitos envolvidos no roubo e receptação de telefones celulares. A descoberta da quadrilha teve início na avenida Guaicurus, na região do Jardim Morenão, estendendo-se ainda aos bairros Paulo Coelho Machado, Residencial Mário Covas e Jardim Centro-Oeste –bairros da região urbana do Anhanduizinho.

Segundo informações das autoridades, o primeiro flagrante ocorreu por volta das 23h, depois que pelo menos três vítimas prestaram queixas sobre o roubo de celulares em bairros na imediações do Jardim Morenão. PMs realizavam rondas pela Guaicurus quando abordaram uma Honda CG Titan vermelha, conduzida por Éder Henrique da Silva, 30, e que tinha como garupa Daniel Teixeira de Toledo, 18.

A moto e seus ocupantes tinham as mesmas características relatadas por vítimas. Diante de tais indícios, foram realizadas buscas nas imediações, sendo localizada em um matagal uma garrucha calibre .38.

Questionado, Daniel confessou que havia jogado a arma, conforme registro no boletim de ocorrência, e que realizara roubos ao lado de Fábio Augusto de Andrade Monteiro, 20. Os telefones roubados, por sua vez, estariam na casa de Éder e de Marcos Henrique da Silva, 26, no Paulo Coelho Machado.

Após indicação de suspeito, policiais vão a duas casas e localizam 10 telefones e carcaças de aparelhos

Com essa revelação, os policiais seguiram até uma residência na rua Adevaldo Almeida Couto, que seria de Éder e Marcos. Lá, foram encontrados 10 telefones celulares e carcaças de aparelhos. Os proprietários da casa não souberam informar a procedência dos telefones.


Quadrilha foi encontrada durante patrulhamento da PM na avenida Guaicurus. (Foto: PMMS/Divulgação)
Quadrilha foi encontrada durante patrulhamento da PM na avenida Guaicurus. (Foto: PMMS/Divulgação)

Daniel ainda revelou que Fábio tinha a posse de outro aparelho roubado, que havia sido escondido em uma área invadida na rua Paulo Ubiratan, no Mário Covas. Lá, o outro acusado assumiu participação nos roubos –com ele, foram encontrados no total três aparelhos.

Por fim, ainda foi indicado que Willian Thadeu Poleski, 19, seria responsável pela formatação e desbloqueio dos aparelhos roubados, entregues por Fábio e Daniel. O último suspeito foi localizado em uma casa na rua Enchova, no Centro-Oeste.

Todos os cinco autores foram entregues à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga, sendo autuados por associação criminosa. Éder, Marcos e Willian foram acusados de receptação; enquanto Daniel e Fábio responderão também por porte ilegal de arma de fogo, roubo majorado pelo emprego de arma e concurso de pessoas.

loading...

Humberto Marques

Jornalista, é diretor-geral e editor do jornal Comunidade.MS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *