Com cerca de 2.300 candidatos, SAS marca prova de títulos para vagas de Facilitador Social

Com cerca de 2.300 candidatos, SAS marca prova de títulos para vagas de Facilitador Social

21/05/2018 0 Por Humberto Marques
Recebimento de comprovantes de qualificação e experiência acontece entre esta terça e quarta-feira; são 46 vagas com salários de R$ 1.050 e R$ 1.500, de acordo com a vaga –oportunidades são para instrutores de Informática, Dança, Violão, Capoeira, Estética e Beleza, Trabalhos Manuais, Culinária e Corte e Costura.

A Prefeitura de Campo Grande publicou nesta segunda-feira (21), em suplemento do Diário Oficial do Município, a relação de inscritos no processo seletivo simplificado para o cargo de Facilitador Social da SAS (Secretaria Municipal de Assistência Social) e agendou para esta terça (22) e quarta-feira (23) a entrega de títulos dos candidatos. Ao todo, foram computadas cerca de 2.300 inscrições no concurso.

Todas as vagas para o cargo de Facilitador Social são para a função de instrutorInformática (única com exigência de Nível Médio e vaga que teve o maior número de interessados, com cerca de 850 inscrições para as 6 vagas abertas); Street Dance, Hip Hop ou Dança de Salão (9 vagas); Violão (9 vagas); Capoeira (ou facilitador de Capoterapia, 14 vagas); Estética e Beleza (3); Trabalhos Manuais (3); Culinária (1); e Corte e Costura (1). Os salários variam de R$ 1.050 a R$ 1.500 –clique aqui e confira detalhes das vagas.

Os interessados em prosseguia na disputa por uma das vagas devem comparecer, no dia e horário predeterminados, à sede da SAS (na rua dos Barbosas, 321, bairro Amambaí, no Centro de Campo Grande) portando originais e cópias de documentos pessoais e comprobatórios de qualificação e experiência nas vagas pleiteadas. A ordem de apresentação consta na publicação do Diogrande.

Na prova de títulos, devem ser apresentados comprovantes de participação em eventos de qualificação profissional na área escolhida (com carga horária mínima de 20 horas), palestras, congressos, encontros, seminários ou similares, todos realizados a partir de 2013. Além disso, será computados pontos a partir da comprovação de experiência profissional por meio de declaração, certidão ou registro em carteira.

Os critérios para pontuação constam no suplemento do Diogrande desta segunda-feira, assim como a relação de inscritos por cargo –clique aqui para ler, sendo necessário um aplicativo que abra arquivos PDF, como o Adobe Reader.


loading...